Sala Crítica
Destaque Filmes Notícias

Vingadores: Guerra Infinita | Sem Hugo Weaving, Caveira Vermelha foi totalmente recriado em CGI

Vingadores: Guerra Infinita | Sem Hugo Weaving, Caveira Vermelha foi totalmente recriado em CGI

Vingadores: Guerra Infinita trouxe diversas surpresas para os fãs, mas uma das principais foi ver o retorno de Caveira Vermelha. O personagem reapareceu como o guardião da Joia da Alma, em Vormir.

Entretanto, o ator que deu vida ao vilão originalmente, Hugo Weaving, não vestiu a máscara vermelha novamente para o filme. Então, como que o personagem esteve em Guerra Infinita, com as mesmas feições? Pois bem, o Caveira Vermelha foi totalmente criado através de computação gráfica.

Quem confirmou a informação foi Kelly Port, representante da Digital Domain:

“O que é ótimo com a Marvel é o fato do universo compartilhado. Você tem uma biblioteca enorme de personagens. Se quer voltar ao primeiro modelo de Homem de Ferro, você consegue. Se quer voltar à ‘Capitão América: O Primeiro Vingador’ e pegar os scans do rosto de Hugo Weaving com a maquiagem do Caveira Vermelha, você pode. Então, fizemos isso para criar o Caveira de ‘Guerra Infinita’. O ator que fez a voz, Ross Marquand, só apareceu durante as gravações das falas. Um outro dublê fez a movimentação do personagem.”, disse Port.

Ross Marquand, ator de The Walking Dead e conhecido por imitar vozes de famosos, foi o responsável por dublar o Caveira Vermelha.

Vingadores: Ultimato estreia em 25 de abril de 2019.


Quer ficar por dentro de todas as novidades sobre filmes e séries? Curta a nossa página no Facebook!

The following two tabs change content below.
Jornalista e radialista, é um dos fundadores do Bode na Sala. Se orgulha de ter nascido em São Borja, no interior do Rio Grande do Sul, e, atualmente, mora em Porto Alegre. Trabalhou em todas as áreas que se pode imaginar, mas acabou caindo no submundo geek. É fã do Jim Carrey, acha que o Ben Affleck é o melhor Batman do cinema, não suporta pseudo-cultismo e pretende dominar o mundo.

Latest posts by Carlos Redel (see all)

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *