Sala Crítica
Destaque Filmes Notícias

Coringa se torna primeiro filme para maiores a bater US$ 1 bilhão nas bilheterias

Coringa se torna primeiro filme para maiores a bater US$ 1 bilhão nas bilheterias

Segundo a Forbes, Coringa passa hoje da marca do US$ 1 bilhão de dólares mundialmente, se tornando o primeiro filme para maiores de idade a conseguir este feito. Tirando Aquaman e Homem-Aranha: Longe de Casa, o longa do Palhaço do Crime foi o primeiro filme sem ser da Disney ou da Universal a conseguir um bilhão nas bilheterias desde 2014.

Ainda segundo a Forbes, o longa dirigido por Todd Phillips também é o filme mais barato a ultrapassar a marca do bilhão. Coringa se tornou o filme baseado em quadrinhos mais lucrativo da história do cinema, totalizando 15,31 vezes o seu valor de produção, que foi de apenas US$ 62,5 milhões. Com isso, o longa supera o recordista anterior: O Máskara (1994), que conseguiu US$ 351 milhões em cima de seus US$ 23 milhões de orçamento.

Assim que Coringa ultrapassar a barreira do bilhão, será o filme mais barato a conseguir o feito.

Coringa está em cartaz nos cinemas nacionais. Leia a nossa crítica!


Quer ficar por dentro de todas as novidades sobre filmes e séries? Curta a nossa página no Facebook!

The following two tabs change content below.
Estudante de jornalismo, tem 21 anos e é assistidor de séries semi profissional. Viciado em cinema desde sempre, nunca trabalhou na área e pretende mudar isso algum dia. Fã do Studio Ghibli, slashers e musicais, adora cinema sul-coreano e nas suas formas de vingança.

Comments

  1. Este ator/filme merece todo o sucesso do mundo. Eu amei ver este lado sombrio e insano do personagem que consegui acompanhar apenas nas HQs. Sendo fã desde sempre do Coringa eu assisti pro duas vezes no cinema e voltei a ler minhas HQs guardadas a anos.
    Espero que tenhamos uma sequência a altura desta primeira obra. Enfim um acerto da DC, não é mesmo?

  2. […] Coringa se torna primeiro filme para maiores a bater US$ 1 bilhão nas bilheterias – 15 de novembro de 2019 […]

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Close