Sala Crítica
Destaque Filmes Notícias

Mulan | Produtor explica ausência de Mushu no live-action

Mulan | Produtor explica ausência de Mushu no live-action

Desde as primeiras informações sobre o remake de Mulan, a ausência de Mushu foi sentida por parte dos fãs. Agora, de acordo com o Collider, o produtor Jason Reed explicou a decisão de não levar o dragãozinho às telonas em formato de live-action.

“O dragão é um símbolo de respeito, força e poder, e usá-lo como um mascote brincalhão não caiu muito bem para o público tradicional chinês”, explicou Reed, destacando que o animal foi retirado da nova versão por respeito à cultura chinesa.

Apesar disso, o produtor afirmou que o filme terá uma outra versão de um mascote mitológico, mas não forneceu detalhes.

Reed ainda destacou que, ao contrário de outras adaptações live action da Disney, como A Bela e a Fera e Aladdin, Mulan não será um musical.

“Nós decidimos que queríamos um mundo mais pé no chão – mesmo para uma fantasia -, mais realista, então essas emoções e a ameaça são mais reais. Por isso, usamos a música de uma forma um pouco diferente”, afirmou o produtor.

Ele ainda disse que os atores não vão interromper as cenas de batalha para encenar um número musical para a câmera. “É mais fácil manter a tensão e, ao mesmo tempo, ter gente parando para cantar em uma animação”, explicou Reed.

Mulan tem a direção de Niki Caro (Terra Fria) e tem um elenco formado por Liu Yifei, que interpreta a personagem-título, Donnie YenJet LiYoson An e Gong Li. O filme chega aos cinemas em 26 de março.


Quer ficar por dentro de todas as novidades sobre filmes e séries? Siga a gente no Instagram!

The following two tabs change content below.
Jornalista e radialista, é um dos fundadores do Bode na Sala. Se orgulha de ter nascido em São Borja, no interior do Rio Grande do Sul, e, atualmente, mora em Porto Alegre. Trabalhou em todas as áreas que se pode imaginar, mas acabou caindo no submundo geek. É fã do Jim Carrey, acha que o Ben Affleck é o melhor Batman do cinema, não suporta pseudo-cultismo e pretende dominar o mundo.

Latest posts by Carlos Redel (see all)

Comments

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *