Sala Crítica
Destaque Filmes Notícias

Harvey Weinstein é condenado a 23 anos de prisão

Harvey Weinstein é condenado a 23 anos de prisão

O produtor Harvey Weinstein foi sentenciado a 20 anos de prisão por assédio sexual de primeiro grau e três anos estupro de terceiro grau, além de ser registrado como agressor sexual (via Deadline). Aos 68 anos, o produtor foi condenado por forçar sexo oral em uma assistente de produção do Project Runway Mimi Haley em 2006 e estupro de terceiro grau por ter feito sexo sem consentimento com a então aspirante a atriz Jessica Mann em 2013 — o crime seria de primeiro grau se envolvesse ameaça de morte ou se ataque físico.

Apesar de ter sido condenado por duas acusações, Weinstein tem dezenas de acusações de assédio, a maioria é antiga demais para valer em um julgamento. Estavam presente no tribunal seis das vítimas de Weinstein para ouvir o veredito. “A sentença atribuída por esta corte foi obscena,” disse a advogada de defesa Donna Rotunno. “Existem assassinos que saem da cadeia mais rápido do que Harvey sairá. O número [de acusadoras] não bate com a evidência nem com a justiça“.

“Eu fui o primeiro dos agora centenas de homens sendo acusados,” declarou Havey alegando ser inocente. “Eu acredito que ninguém entendeu o impacto”. Ele acredita ter tido ‘amizades sérias com Mann e Haley e diz que nenhum dos ‘favores’ que ele fez a elas foi não consensual. O produtor vencedor do Oscar por Shakespeare Apaixonado foi expulso da Academia em 2017 logo após as primeiras denúncias de assédio. “Não era sobre poder, era sobre fazer filmes. Eu não tenho grandes poderes nessa indústria. Se eu pudesse fazer tudo de novo eu me importaria menos com fazer filmes e mais com meus filhos, minha família e os outros em minha vida,” declarou o criminoso.

Eu sinto remorso nesta situação,” declarou Harvey, que alega ser inocente, falando do estado do país em que milhares de homens estão perdendo processos por comportamentos que ele diz acontecer por estarem ‘confusos’. “Eu estou totalmente confuso. Homens estão confusos sobre este assunto“.

Mimi Haley disse que o estupro de Weinstein a afetou “mentalmente e emocionalmente, talvez para sempre. [O assédio] diminuiu minha confiança e fé nas pessoas e minha confiança e fé em mim mesma“. O testemunho de Jessica Mann detalhou como ela se sentiu desemparada durante o estupro e depois, ameaças físicas contra o seu pai idoso e muito anos de protetores de Weinstein dizendo que os filmes dele eram muito valiosos para serem prejudicados. “Não é o momento da penetração, é para sempre, o impacto é para a vida toda“.


Quer ficar por dentro de todas as novidades sobre filmes e séries? Siga a gente no Instagram!

The following two tabs change content below.
Estudante de jornalismo, tem 21 anos e é assistidor de séries semi profissional. Viciado em cinema desde sempre, nunca trabalhou na área e pretende mudar isso algum dia. Fã do Studio Ghibli, slashers e musicais, adora cinema sul-coreano e nas suas formas de vingança.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *