Sala Crítica
Destaque Especiais Filmes

Continuações de filmes famosos que pouca gente conhece… Ainda bem!

Continuações de filmes famosos que pouca gente conhece… Ainda bem!

Quando um filme faz muito sucesso, é normal que os produtores pensem em continuações. No entanto, algumas dessas sequências são desastrosas e muitas pessoas acabam nem sabendo da existência delas. E, na maioria das vezes, é até melhor assim.

Abaixo, você confere continuações bizarras e que não deram muito certo, seja por destruir a essência do original, ter um roteiro absurdo ou, simplesmente, ter sido feito apenas para tentar pegar carona em um nome de sucesso. Confira:

  • A Mosca 2

A Mosca é um dos marcos da ficção científica, com diversos elementos de terror e muito gore. O longa, protagonizado por Jeff Goldblum e dirigido pelo mestre do gore David Cronenberg, ainda hoje é tido como referência, tornando-se cult. O filme, que é um remake de uma produção de 1958, com o mestre do terror Vincent Price, ganhou u ma vergonhosa tentativa de continuar a história, com A Mosca 2, em 1989, mas que ninguém sabe que existe.
A Mosca 2


  • Grease 2: Os Tempos da Brilhantina Voltaram

Michelle Pfeiffer and Maxwell Caulfield in Grease 2 (1982)Grease: Nos Tempos da Brilhantina foi um grande sucesso em 1978. O longa, que tinha John Travolta e Olivia Newton-John como protagonistas, marcou época, conquistando um grande público e a crítica, além de uma indicação ao Oscar. O que pouca gente sabe é que, em 1982, o filme ganhou uma continuação chamada Grease 2: Os Tempos da Brilhantina Voltaram, que tem Michelle Pfeiffer no elenco. Nem precisamos dizer que o filme não chegou perto do seu antecessor e acabou caindo no esquecimento.


  • Dirty Dancing 2: Noites da Havana

Romola Garai and Diego Luna in Dirty Dancing: Havana Nights (2004)Quantas tardes passamos com Dirty Dancing: Ritmo Quente… O clássico de 1987, que tem Patrick Swayze e Jennifer Grey como protagonistas, possui uma legião de fãs e uma das cenas de dança mais recriadas de todos os tempos. Claro que, em algum momento, os produtores iriam querer lucrar um pouquinho mais com o sucesso. Assim, em 2004, Dirty Dancing 2: Noites de Havana foi lançado. O filme estrelado por Diego Luna tem até uma pontinha de Patrick Swayze, mas isso não foi o suficiente para que ele se tornasse um sucesso. Vale lembrar que, em 2017, o filme de 1987 ganhoy um remake para a televisão estrelado por Abigail Breslin. E foi um fracasso de crítica.


  • Psicose 2

Psycho II (1983)Psicose é um fenômeno. O suspense de Alfred Hitchcock é de 1960 e, de lá para cá, foi ficando cada vez mais cultuado. A cena do assassinato no chuveiro é uma das mais homenageadas na cultura pop. O que muita gente não sabe é que o filme ganhou continuação. E não foi só uma. Anthony Perkis, o Norman Bates original, repetiu o seu papel em Psicose 2, Psicose 3 (também dirigido por Perkis) e Psicose 4 – O Início. Obviamente, nenhum deles fez jus ao original, afinal, como chegar perto de Hitchock?

Psycho II (1983)


  • S. Darko: Um Conto de Donnie Darko

S. Darko (2009)Donnie Darko, mesmo sem ter feito tanto sucesso de público, lá em 2001, quando foi lançado, acabou se tornando cultuado por muitas pessoas. Até aí, tudo bem. Só que os anos foram passando e o longa foi se tornando cada vez mais comentado. Então, uma inevitável sequência acabou saindo em 2009. Com o nome de S. Darko: Um Conto de Donnie Darko, o filme foca na irmã mais nova de Donnie, Samantha, e ninguém liga, pois o filme foi destruído pela crítica, pelo público, pelos fãs do original… Enfim, nunca deveria ter sido feito.


Quer ficar por dentro de todas as novidades sobre filmes e séries? Siga a gente no Instagram!

The following two tabs change content below.
Jornalista e radialista, é um dos fundadores do Bode na Sala. Se orgulha de ter nascido em São Borja, no interior do Rio Grande do Sul, e, atualmente, mora em Porto Alegre. Trabalhou em todas as áreas que se pode imaginar, mas acabou caindo no submundo geek. É fã do Jim Carrey, acha que o Ben Affleck é o melhor Batman do cinema, não suporta pseudo-cultismo e pretende dominar o mundo.

Comments

  1. O “Titanic II” não deveria estar na lista. Não se trata de uma continuação do filme do Cameron. O filme tem esse título porque, no enredo, é construída uma nova versão do Titanic, o Titanic II – daí o título.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Close