Sala Crítica
Destaque Notícias Séries

The Office | Steve Carell não queria ter saído da série

The Office | Steve Carell não queria ter saído da série

Steve Carell saiu do papel de Michael Scott na sétima temporada de The Office, retornando apenas para o último episódio da série, na nona temporada. A ausência do personagem fez bastante falta e o ator dizia nas entrevistas da época que ele queria sair da série.

Segundo o livro recém-lançado The Office: The Untold Story of the Greatest Sitcom of the 2000s (The Office: A História Não Contada da Maior Sitcom dos Anos 2000, em tradução livre), a saída de Carell teve mais a ver com a ambivalência da NBC, emissora da série, do que o desejo do ator de se livrar das restrições da TV aberta (via The Collider).

Tudo começou em abril de 2010, em uma entrevista que Steve Carell deu para a BBC. O contrato dele estava acabando e ele afirmou que, provavelmente, seria o seu último ano. Mas Carell explicou a situação para o operador de boom/mixador de som Brian Wittle, que contou: “Eu sentei com ele uma vez e ele me contou a história. Ele estava fazendo uma entrevista de rádio e aleatoriamente mencionou, quase inconscientemente, que poderia ser a última temporada dele. Ele estava pensando alto, mas ele fez uma entrevista em público e criou a notícia. Então, ele disse que as pessoas envolvidas na série não reagiram. Eles não o chamaram e disseram ‘O quê? Você quer sair?’. Ele disse que não recebeu nenhuma resposta deles. Então, ele notou que não recebeu resposta alguma e pensou ‘Então eles não ligam se eu sair. Talvez eu deva ir e fazer outras coisas’. Então eu acho que ele facilitou, porque quando a notícia saiu que ele estava considerando, as pessoas com o poder de mantê-lo não fizeram um grande esforço para fazê-lo“.

A estilista de cabelo Kim Ferry confirmou a história de Wittle, ressaltando que a emissora que decidiu não renovar o contrato de Carell: “Ele não queria deixar a série. Ele disse para o canal que ia assinar para mais dois anos. Ele queria e o agente dele queria. Mas, por alguma razão, não contataram ele. Eu não sei se era um jogo ou o quê… Ele planejava ficar na série. Ele disse isso para o gerente dele e o gerente os contatou e disse que ele queria assinar um contrato para mais dois anos. Então, tudo isso estava pronto e, do lado deles, honesto. E o prazo veio quando eles deveriam dar a oferta e passou e eles não fizeram a oferta. Então, o agente dele disse ‘Bem, acho que eles não querem te renovar mais para uma temporada’. O que é insano para mim. E para ele, eu acho“.

O Collider também ressaltou que essas negociações aconteceram quando a NBC estava passando por uma mudança de liderança, com um novo presidente, Bob Greenblatt, assumindo a emissora. O produtor de The Office Randy Cordway relembra no livro que Greenblatt “não era um grande fã de The Office como nós queríamos que fosse. Ele tomou The Office por garantido. Se você não respeita e sequer oferece um contrato ou uma discussão de contrato futuro, então você seguiu em frente“. A lendária diretora de elenco Alisson Jones declarou: “Pelo que me lembro, ele queria fazer outra temporada e, então, a NBC, por qualquer razão, não fez o acordo com ele… alguém não o pagou o suficiente. Foi completamente asinino. Não tenho outra maneira de dizer isso. Apenas asinino”.

Confira os testes de elenco da série (Seth Rogen fez teste para Dwight!):


Quer ficar por dentro de todas as novidades sobre filmes e séries? Siga a gente no Instagram!

The following two tabs change content below.
Estudante de jornalismo, tem 20 anos e é assistidor de séries semi profissional. Fissurado em cinema desde sempre, nunca trabalhou na área e pretende mudar isso algum dia. Fã do Studio Ghibli e de musicais, é fissurado no cinema sul-coreano e nas suas formas de vingança.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Close