Sala Crítica
Destaque Filmes Notícias

Coringa | Joaquin Phoenix e Robert De Niro tiveram desavença antes das gravações; entenda

Coringa | Joaquin Phoenix e Robert De Niro tiveram desavença antes das gravações; entenda

Em uma entrevista para a revista GQ, Joaquin Phoenix revelou que teve uma grande discordância nos bastidores de Coringa com Robert De Niro, seu colega de elenco. E a treta entre os dois atores aconteceu antes do início das gravações.

Como forma de se preparar para um filme, é comum que o elenco se reúna para ler o roteiro. De Niro, com mais de 50 anos de carreira, acredita que esta ação seja parte essencial do processo de atuação, do que Phoenix discorda.

Então, na pré-produção de Coringa, De Niro demandou uma leitura, mas, então, descobriu que Phoenix não apareceria. “Digam para ele que ele é um ator e precisa estar lá. Eu gosto de ouvir o filme inteiro e vamos todos entrar numa sala e simplesmente ler o roteiro”, ressaltou o intérprete de Murray Franklin.

Quando o diretor Todd Phillips transmitiu a mensagem para Phoenix, o ator se manteve irredutível: “Nem f*dendo que eu vou fazer uma leitura do filme”.

Apesar disso, Phoenix não queria desrespeitar De Niro e acabou indo até o escritório do ator veterano para uma leitura do roteiro entre os dois. Entretanto, o intérprete de Arthur Fleck não estava empenhado, realizando a leitura de maneira desconjuntada e lenta, balbuciando.

Assim, De Niro chamou Phoenix para uma conversa privada e ambos entraram em acordo. No fim das contas, o veterano acabou beijando o rosto do protagonista de Coringa e afirmando: “Vai ficar tudo bem”.

Será que ele fez uma proposta irrecusável para Phoenix?

Coringa estreou em outubro do ano passado e faturou mais de US$ 1 bilhão em bilheteria. Leia a nossa crítica!


Quer ficar por dentro de todas as novidades sobre filmes e séries? Siga a gente no Instagram!

The following two tabs change content below.
Jornalista e radialista, é um dos fundadores do Bode na Sala. Se orgulha de ter nascido em São Borja, no interior do Rio Grande do Sul, e, atualmente, mora em Porto Alegre. Trabalhou em todas as áreas que se pode imaginar, mas acabou caindo no submundo geek. É fã do Jim Carrey, acha que o Ben Affleck é o melhor Batman do cinema, não suporta pseudo-cultismo e pretende dominar o mundo.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *