Sala Crítica
Destaque Filmes Notícias

Batman de Darren Aronofsky: diretor queria Joaquin Phoenix, mas Warner preferia Freddie Prinze Jr.

Batman de Darren Aronofsky: diretor queria Joaquin Phoenix, mas Warner preferia Freddie Prinze Jr.

Darren Aronofsky, em entrevista à Empire, relembrou que, no começo dos anos 2000, quase dirigiu um filme do Batman, mas acabou abandonando o projeto por divergências criativas com a Warner Bros.

E uma das discordâncias entre o estúdio e o diretor era sobre quem deveria ficar com o papel de Bruce Wayne. Enquanto Aronofsky queria Joaquin Phoenix como protagonista, a Warner tinha um nome bem diferente para viver o herói: Freddie Prinze Jr.

“O estúdio queria Freddie Prinze Jr. e eu queria Joaquin Phoenix. Me lembro de pensar: ‘Ok, estamos idealizando filmes muito diferentes’. O Batman que escrevi era definitivamente muito diferente da abordagem que eles acabaram escolhendo”, revelou o cineasta.

O longa de Aronofsky seria baseado em Batman: Ano Um, de Frank Miller, e teria influências de filmes como Taxi Driver e Operação França. O roteiro da produção, inclusive, estava sendo escrito com a ajuda do próprio Miller.

“Era uma coisa espetacular porque eu era um grande fã de seus quadrinhos, por isso o simples fato de me encontrar com ele foi altamente entusiasmante naquela época. O Batman que tinha saído antes de mim era Batman & Robin, aquele famoso por ter mamilos no traje, e eu estava tentando fugir disso e reinventá-lo. Era essa a minha ideia”, explicou.

A ideia de Aronofsky envolvia uma versão bem diferente do conceito original do personagem, em que um jovem Bruce Wayne perderia sua fortuna após a morte de seus pais e teria que buscar ajuda de um homem chamado Al para começar sua luta contra o crime. O projeto acabou se desviando fortemente do material de origem, fazendo com que Bruce Wayne se tornasse um vigilante sem o auxílio de sua riqueza e recursos.


Quer ficar por dentro de todas as novidades sobre filmes e séries? Siga a gente no Instagram!

The following two tabs change content below.
Jornalista e radialista, é um dos fundadores do Bode na Sala. Se orgulha de ter nascido em São Borja, no interior do Rio Grande do Sul, e, atualmente, mora em Porto Alegre. Trabalhou em todas as áreas que se pode imaginar, mas acabou caindo no submundo geek. É fã do Jim Carrey, acha que o Ben Affleck é o melhor Batman do cinema, não suporta pseudo-cultismo e pretende dominar o mundo.

Latest posts by Carlos Redel (see all)

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *