Sala Crítica
Destaque Filmes Notícias

Ainda há esperança: Guillermo del Toro não desistiu de Nas Montanhas da Loucura!

Ainda há esperança: Guillermo del Toro não desistiu de Nas Montanhas da Loucura!

Nas Montanhas da Loucura, um dos livros mais populares de H.P. Lovecraft, esteve muito próximo de sair do papel e de ser comandado por Guillermo del Toro — diretor que, convenhamos, tem muita proximidade com o universo da obra. Porém, o projeto não foi para frente – mas o cineasta ainda não desistiu!

Em entrevista ao IndieWire, del Toro disse que sente muito pesar por ter visto o projeto sendo cancelado. No entanto, o cineasta mexicano deixou claro que ainda quer fazer uma adaptação do livro. Inclusive, ele usa um acessório para sempre lembrá-lo de como ainda tem interesse no projeto: “É por isso que eu uso esse anel, desde que o projeto foi cancelado. Esse é um anel falso de uma universidade falsa, a mesma que aparece no livro. [Ela se chama] Miskatonic University, e eu vou usá-lo até fazer o filme. Eles podem até me enterrar com isso”.

O diretor ainda explicou como o projeto foi descartado, mesmo tendo grandes nomes atrelados à produção, como Tom Cruise e James Cameron: “É um projeto difícil. Nós tivemos James Cameron como coprodutor. Já tivemos Tom Cruise [para estrelar] e achamos que conseguiríamos fazer, mas não conseguimos, não aconteceu. Essas não são decisões que você faz. A maioria de nós, cineastas, existimos em um mundo que é mexido por coisas que estão além da nossa folha salarial. As pessoas acham que nossas carreiras são uma série de decisões. Nossas carreiras são uma série de acidentes que acontecem com as suas decisões no topo. Você não decide fazer um filme em vez de outro”.

O longa baseado em Nas Montanhas da Loucura estava sendo planejado até 2012. O filme teria uma carga bem forte do horror cósmico de Lovecraft, mantendo-se fiel ao livro original e usando uma classificação indicativa R-Rated — ou seja, para maiores. Os estúdios viam essas ideias como empecilho, ainda mais para um orçamento que girava em torno de US$ 150 milhões, levando o longa a ser cancelado.

O diretor ainda relaciona ao cancelamento o lançamento de Prometheus, filme de Ridley Scott que serve como prequel para os eventos da franquia Alien. De acordo com del Toro, a produção tinha várias semelhanças com o seu filme, incluindo a premissa, o tom e a grande revelação do final.


Quer ficar por dentro de todas as novidades sobre filmes e séries? Siga a gente no Instagram!

The following two tabs change content below.
Jornalista e radialista, é um dos fundadores do Bode na Sala. Se orgulha de ter nascido em São Borja, no interior do Rio Grande do Sul, e, atualmente, mora em Porto Alegre. Trabalhou em todas as áreas que se pode imaginar, mas acabou caindo no submundo geek. É fã do Jim Carrey, acha que o Ben Affleck é o melhor Batman do cinema, não suporta pseudo-cultismo e pretende dominar o mundo.

Latest posts by Carlos Redel (see all)

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *