Sala Crítica
Destaque Festivais Filmes Notícias

Em meio a pandemia, a Mostra Internacional de Cinema de São Paulo é do Brasil inteiro

Em meio a pandemia, a Mostra Internacional de Cinema de São Paulo é do Brasil inteiro

Não é novidade para ninguém que 2020 é um ano atípico para todos, inclusive para o setor audiovisual. Com os cinemas do mundo inteiro fechados desde março por conta da pandemia do coronavírus, muitas distribuidoras optaram por liberar os seus lançamentos direto no streaming ou via on demand. Com a reabertura dos cinemas em diversos territórios, os blockbusters Tenet e Mulan tentaram a sorte apenas para fracassar colossalmente. Os resultados de ambas produções multimilionárias foram tão desapontadores que os estúdios optaram por segurar seus lançamentos para o ano que vem. O que não poderia ser melhor: o cinema não vai morrer.

E enquanto não é completamente seguro se arriscar para assistir qualquer coisa na tela grande e o melhor é respeitar o distanciamento social até uma vacina chegar, a Mostra Internacional de Cinema de São Paulo é realizada totalmente online em sua 44ª edição. E esta não é a única novidade. Enquanto as exibições das edições anteriores aconteciam exclusivamente em São Paulo e em alguns municípios próximos, cinéfilos de qualquer parte do Brasil podem assistir aos longas e curtas metragens que estão presentes na programação.

O catálogo da 44ª MostraSP conta com 198 produções de 71 países que são disponibilizados para compra na plataforma de streaming Mostra Play por apenas R$ 6 cada título. Após a aquisição, o usuário tem até 24 horas para terminar o filme antes que ele expire. Também são realizadas sessões no drive-in do Belas Artes Drive-in (no Memorial da América Latina) e no Cinesesc Drive-in (no Sesc Parque Dom Pedro II). E 30 títulos são disponibilizados gratuitamente nas plataformas Spcineplay e Sesc Digital.

O filme de abertura é o polêmico Nova Ordem, longa dirigido por Michel Franco, que mostra um casamento de uma família rica interrompido por manifestantes impiedosos que derrubaram o governo do país e iniciaram um novo sistema. Apesar de ter gerado certa controvérsia por sua violência, ele recebeu o Grande Prêmio do Júri no Festival de Veneza.

Esta edição conta com 41 produções e co-produções brasileiras. O destaque entre as obras nacionais é Casa das Antiguidades, de João Paulo Miranda Maria. Parte da Seleção Oficial do Festival de Cannes deste ano, a produção segue Cristovam, um homem negro do norte rural, que se muda para uma antiga colônia austríaca, no sul do país, para trabalhar em uma fábrica de leite. Diante de conservadores xenófobos, ele descobre uma casa abandonada, cheia de objetos e recordações que o lembram de suas origens. Ele se instala ali, reconectando-se com suas raízes. Como se esta casa de memória estivesse viva, mais objetos começam a aparecer.

O diretor brasileiro Fernando Coni Campos (1933-1988) recebe uma homenagem póstuma que conta a com a exibição dos seus longas Viagem ao Fim do Mundo, Ladrões de Cinema e O Mágico e o Delegado. O Prêmio Humanidade será entregue aos funcionários da Cinemateca Brasileira e também ao conceituado documentarista americano Frederick Wiseman; a Mostra também exibe o filme mais recente do diretor, City Hall.

A 44ª Mostra Internacional de Cinema de São Paulo acontece de 22 de outubro a 04 de novembro. A quarta edição do Fórum Mostra, que promove encontros e debates de cinema, literatura e assuntos contemporâneos da cultura será realizado virtualmente nos dias 28, 29 e 30 de outubro.


Quer ficar por dentro de todas as novidades sobre filmes e séries? Siga a gente no Instagram!

The following two tabs change content below.
Estudante de jornalismo, tem 21 anos e é assistidor de séries semi profissional. Viciado em cinema desde sempre, nunca trabalhou na área e pretende mudar isso algum dia. Fã do Studio Ghibli, slashers e musicais, adora cinema sul-coreano e nas suas formas de vingança.

Latest posts by Diego Francisco (see all)

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *