Sala Crítica
Destaque Filmes Notícias

Borat 2 | Amazon pagou US$ 80 milhões para comprar o filme

Borat 2 | Amazon pagou US$ 80 milhões para comprar o filme

Não é novidade pra ninguém que Borat: Fita de Cinema Seguinte foi lançado na última semana pelo Amazon Prime Video. A estreia do filme na plataforma de streaming veio repleta de polêmicas e muita audiência, especialmente agora, já que os EUA estão passando por uma eleição presidencial. Mas como o streaming de Jeff Bezos conseguiu lançar a tempo um dos filmes mais famosos do ano?

De acordo com o Deadline, a Amazon pagou uma quantia enorme para adquirir o longa: US$ 80 milhões. O longa estrelado por Sacha Baron Cohen seria lançado nos cinemas anteriormente pela Universal. O ator queria que o público assistisse a fita antes das eleições, mas não era uma boa ideia lançar o filme nos cinemas enquanto a pandemia continuasse forte nos EUA.

O site diz que a Universal permitiu que Baron Cohen fosse atrás de alguns serviços de streaming para lançar o filme, já que a empresa também estava com problemas com diversas redes de cinemas devido ao lançamento em PVOD de Trolls 2. A empresa que venceu a disputa pela exclusividade do filme acabou sendo a Amazon, que pagou US$ 80 milhões pelo filme. Os serviços de streaming que disputavam a obra assistiram versões diferentes, já que as gravações ainda estavam ocorrendo, e especialmente durante a pandemia, em que várias produções foram paralisadas.

Aparentemente valeu muito a pena. O Deadline diz que Borat 2 teve a maior estreia de um filme da Amazon em toda a história do streaming. A empresa anunciou que o longa foi assistido por “dezenas de milhões” de assinantes, não deixando específico a audiência exata, mas é perceptível o alcance que a película conseguiu, já que foi o filme mais buscado no Google nos últimos dias.

Entre as inúmeras polêmicas que envolvem Borat 2, as principais envolvem a cena com o ex-prefeito de Nova York e advogado de Donald Trump, Rudolph Giulliani, momento controverso do filme em que o político põe a mão nas partes íntimas em um quarto com Tutar (Maria Bakalova), que supostamente teria 15 anos – a atriz possui 24 anos de idade. Outra polêmica envolve a babá, Jeanise Jones, que recebeu somente US$ 3.600 pelo seu trabalho no longa e que também não sabia que se tratava de um filme ficcional.


Quer ficar por dentro de todas as novidades sobre filmes e séries? Siga a gente no Instagram!

The following two tabs change content below.

João Vitor Hudson

João Vitor Hudson é um publicitário aos 22 anos. Ama cinema desde quando desejava as férias escolares só pra assistir todos os filmes do Cinema em Casa e da Sessão da Tarde. Ama o MCU, e confia bastante no futuro da DC nos cinemas.

Latest posts by João Vitor Hudson (see all)

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *