Sala Crítica
Críticas Destaque TV e streaming

The Mandalorian – Capítulo 14: A Tragédia | Crítica

The Mandalorian – Capítulo 14: A Tragédia | Crítica

Crítica da 2ª temporada de The MandalorianThe Mandalorian

Capítulo: 14 – A Tragédia

Temporada:

Ano: 2020

Criação: Jon Favreau

Elenco: Pedro Pascal, Temuera Morrison, Ming-Na Wen, Giancarlo Esposito

A chegada de Ahsoka Tano foi um divisor de águas para The Mandalorian. Vinda de episódios arrastados e com pouco avanço para a história, em A Jedi, tudo mudou e a série começou a se desenvolver de maneira significativa. Agora, no Capítulo 14, que já traz em seu título, A Tragédia, uma prévia do que vem pela frente, o seriado engata a marcha certa e faz a nave voar mais alto. E rápido.

Após as instruções de Ahsoka para levar o pequeno Grogu – ou o Baby Yoda, para quem tem dificuldade para se desapegar – para o planta Tython e coloca-lo sobre uma pedra, que fica em um templo, para que a criaturinha se conecte à Força e, assim, talvez, atraia um Jedi para ser responsável por ele. É claro que, ao chegar ao local, as coisas não saem como previstas.

No planeta, enquanto Grogu está conectado à Forçaa e intocável, tropas do Império chegam para pegá-lo. Neste meio tempo, um velho conhecido dos fãs da franquia encontra com Din Djarin (Pedro Pascal) em busca de sua armadura de mandaloriano que estava sob posse do protagonista.

A partir de agora, o texto contém spoilers sobre o episódio!

Sim, Boba Fett (Temuera Morrison) está de volta! E o seu retorno é empolgante. Ao lado de Fennec Shand (Ming-Na Wen), que também retorna, após uma quase morte na primeira temporada, Boba Fett quer a armadura que era de seu pai e coloca Din Djarin em uma situação delicada. No entanto, o trio se une para lutar contra stormtroopers e, assim, proteger Grogu.

E é a partir do momento em que todos começam a lutar contra os vilões em comum que o episódio atinge o seu ápice. Com direção de Robert Rodriguez (diretor de Sin City e Alita), A Tragédia tem os melhores momentos de ação da temporada, com lutas extremamente bem coreografas e, provavelmente, as mais brutais de toda a série. Boba Fett acabando com os stormtroopers foi o ápice.

O capítulo, que se passa praticamente no mesmo cenário, em um raio de alguns metros de onde Grogu está conectado com a Força, se utiliza bem da paisagem para desenvolver bem as lutas e faz do cenário um personagem à parte, apesar de não ser esteticamente bonito ou marcante. Mas ele faz parte da ação e os personagens exploram cada pedra como arma ou escudo – inclusive, temos uma homenagem a Indiana Jones que é bem divertida.

Obviamente, com Boba Fett no episódio e lutando contra os vilões em comum, ele conseguiria colocar a sua armadura e fazer com que os fãs do mandaloriano dessem pulinhos da poltrona – apesar do traje já ficar justinho no seu corpo um pouco mais cheinho, afinal, o tempo passa e os lanches ficam. Para quem não sabe, Temuera Morrison viveu Jango Fett em Star Wars: O Ataque dos Clones e, de lá para cá, deu voz a Boba Fett em diversos games da franquia.

E, mesmo com a pancadaria toda, o Capítulo 14 consegue desenvolver a história, apesar de ter apenas 33 minutos de duração. Como o título do episódio diz, acontece uma tragédia. Uma não, duas. A primeira, o Império, liderado por Moff Gideon (Giancarlo Esposito), destrói a Razor Crest, a nave de Mando. A segunda, infelizmente, é que eles acabam levando o pequeno Grogu. E não foi por negligência de Din Djarin, que tentou proteger o seu amigo de todas as maneiras – inclusive, a relação entre os dois, no começo do capítulo, rendeu um momento fofo, reforçando o carinho do mandaloriano pela criaturinha.

Ok, foram duas perdas significantes e terríveis para o protagonista, mas estes fatos criam um potencial enorme para os dois episódios que faltam. Na nave de Moff Gideon, temos uma prévia do poder de Grogu – e não é pouco, visto que ele é uma criança ainda – e, além disso, começa a se formar uma equipe que irá atrás do nosso famoso Baby Yoda. O final da temporada de The Mandalorian tem tudo para ser épica!

Nota:


Quer ficar por dentro de todas as novidades sobre filmes e séries? Siga a gente no Instagram!

The following two tabs change content below.
Jornalista e radialista, é um dos fundadores do Bode na Sala. Se orgulha de ter nascido em São Borja, no interior do Rio Grande do Sul, e, atualmente, mora em Porto Alegre. Trabalhou em todas as áreas que se pode imaginar, mas acabou caindo no submundo geek. É fã do Jim Carrey, acha que o Ben Affleck é o melhor Batman do cinema, não suporta pseudo-cultismo e pretende dominar o mundo.

Comments

  1. Muita verdade mesmo A sério estava medíocre pobre vazia critiquei no grupo que eu pertenço no Facebook eu fui atacado mas que a verdade seja dita tava muito ruim mesmo, vamos ver se vai melhorar daqui para frente

  2. Se esse episódio não vale 5 estrelas, pergunto qual já valeu?

  3. Ahhhh que texto fofinho onde fala do inicio do episodio *-*

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *