Sala Crítica
Críticas Destaque TV e streaming

The Mandalorian – Capítulo 15: O Que Acredita | Crítica

The Mandalorian – Capítulo 15: O Que Acredita | Crítica

Crítica da 2ª temporada de The MandalorianThe Mandalorian

Capítulo: 15 – O Que Acredita

Temporada: 2ª

Ano: 2020

Criação: Jon Favreau

Elenco: Pedro Pascal, Bill Burr, Gina Carano, Temuera MorrisonMing-Na WenGiancarlo Esposito

[ATENÇÃO! CONTÉM SPOILERS DE THE MANDALORIAN]

No final do Capítulo 14 de The Mandalorian, aconteceu algo que deixou nossos corações um pouco mais tristes: Grogu (ou Baby Yoda para os íntimos) foi raptado por Moff Gideon (Giancarlo Esposito), alegando que a criança era mais importante para ele do que para Mando (Pedro Pascal). Em seguida, nosso protagonista foi atrás de Cara Dune (Gina Carano) buscando aliados para resgatar Grogu das mãos do Império. E é esse o mote do Capítulo 15, chamado de The Believer, ou O Que Acredita.

Como é comum nos episódios da série, temos mais um retorno de personagem. Desta vez é Mayfeld (Bill Burr), que apareceu anteriormente no Capítulo 6, O Prisioneiro. O retorno dele a trama é bem-vindo, já que na primeira vez ele foi apenas um personagem descartável. Mayfeld se encaixa muito bem na nova quest de Mando, que precisa invadir uma base imperial para pegar informações que o levarão ao paradeiro de Moff Gideon e Grogu, e Mayfeld era um soldado do Império, então foi um retorno útil.

Ao lado de Cara Dune, Fennec (Ming-Na Wen) e Boba Fett (Temuera Morrison), o grupo traça um bom plano para roubar as informações que precisam, e é claro que tem mais da boa e velha ação típica de The Mandalorian. Enquanto Mando e Mayfeld dirigem até a base, eles são atacados por rebeldes locais que estão insatisfeitos com a presença do Império em seu planeta. A cena de ação é um pouco diferente para o protagonista, que está sem seus apetrechos, já que para entrar na base precisou se disfarçar de stormtrooper. É legal notar também que ele foi o único stormtrooper a acertar um tiro em toda a saga Star Wars.

Mas o seriado trouxe algo um pouco inusitado para o atual episódio. Mayfeld inicia um interessante debate sobre política e motivações humanas. Ao ver a insatisfação dos locais, ele coloca Império e Nova República como dois lados da mesma moeda para os habitantes daquele planeta. Esse debate aparece novamente mais para o fim do episódio, em que um antigo superior do tempo que Mayfeld serviu ao Império Galáctico o chama para conversar e relembra uma história de guerra em que milhares de pessoas morreram, e enquanto o general vê aquela batalha como um ato de heroísmo, o subordinado é mais humano e vê como uma tragédia para todos os envolvidos, inclusive os soldados que morreram na batalha cujas famílias perderam um ente querido. The Mandalorian é uma série de puro entretenimento, então não é comum vermos este tipo de debate no programa, mas quando o faz, sobe o nível de qualidade.

Precisamos destacar também a atuação de Pedro Pascal. Sim, Mando tira o capacete e o que vemos é Din Djarin com um olhar de preocupação e de medo. Pascal, cujo rosto aparece pela segunda vez em quase duas temporadas, é um ótimo ator de voz, mas confesso que estava sentindo falta de ver sua atuação física também. Diferente da primeira vez, em que estava ferido e ensanguentado, Pascal está de cara limpa, e é ótimo vê-lo em uma cena de ação, especialmente em uma que se parece bastante com aquela do pub em Bastardos Inglórios. Seria uma homenagem do diretor Rick Famuyiwa ao longa de Tarantino, ainda mais um que é um dos maiores filmes sobre guerra já realizados em um episódio que critica a guerra?

Após os objetivos atingidos, Mayfeld é libertado de sua prisão por Cara Dune, e agora o que resta é só resgatar o Yodinha. A segunda temporada foi uma ótima crescente de qualidade no decorrer dos episódios, então se espera que o season finale seja épico. Tudo o que queremos agora é ver Mando (com ou sem capacete) com sangue nos olhos para resgatar Grogu e dar um chute em Moff Gideon. Viva The Mandalorian!

Nota:


Quer ficar por dentro de todas as novidades sobre filmes e séries? Siga a gente no Instagram!

The following two tabs change content below.

João Vitor Hudson

João Vitor Hudson é um publicitário aos 22 anos. Ama cinema desde quando desejava as férias escolares só pra assistir todos os filmes do Cinema em Casa e da Sessão da Tarde. Ama o MCU, e confia bastante no futuro da DC nos cinemas.

Latest posts by João Vitor Hudson (see all)

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *