Sala Crítica
Críticas Destaque TV e streaming

WandaVision – Episódio 4: Interrompemos este Programa | Crítica

WandaVision – Episódio 4: Interrompemos este Programa | Crítica

Crítica de WandaVisionWandaVision

Temporada:

Episódio: 4 – Interrompemos este Programa

Criação: Jac Shaeffer

Direção: Matt Sharkman

Roteiro: Bobak Esfarjani e Megan McDonnel

Criação: Jac Shaeffer

Elenco: Elizabeth Olsen, Paul Bettany, Teyonah Parris, Josh Stamberg, Randall Park, Kat Dennings

ATENÇÃO: O texto a seguir contém spoilers de Wandavision. Siga por sua conta e risco.

Bom, agora WandaVision já não pode mais ser acusada de se apoiar somente em seus mistérios. Neste quarto episódio, as dúvidas em torno da realidade em que Wanda vive com seu amado Visão é praticamente resolvido em sua integralidade. O formato de sitcom é abandonado e finalmente descobrimos o que diabos a ESPADA está fazendo nos arredores de Westview.

Aquilo que já não era segredo para ninguém finalmente é revelado: Geraldine é mesmo Monica Rambeau (Parris), agente da ESPADA que se infiltra no universo criado por Wanda para descobrir o que está acontecendo com a pacata cidade de New Jersey. Em um ritmo dinâmico e muito mais próximo do “setor de espionagem” da Marvel, remetendo a Soldado Invernal e Agentes da SHIELD, este episódio avança de forma surpreendente a trama (felizmente contradizendo meu texto anterior), colocando as cartas na mesa e deixando apenas uma dúvida no ar: por que Wanda está fazendo isso?

Teyonah Parris é o mais próximo de uma “protagonista” que esse capítulo tem, e dá conta do recado. A atriz demonstra presença de cena tanto no momento emocional em que descobre que a mãe está morta logo depois de “ressuscitar” do estalo de Thanos, quanto no momento em que volta à ativa na agência governamental, se mostrando uma oficial assertiva e respeitada por seus pares. Uma adição valorosa à série a ao Universo Marvel.

O restante do elenco também aproveita o fator surpresa para expandir o enredo e brilhar. Sim, Josh Stamberg aparece como um líder genérico e não chama muito a atenção, mas Randall Park como o agente do FBI Jimmy Woo e Kat Dennings como a astrofísica Darcy se mostram muito confortáveis (e felizes) em reprisarem seus papéis.

Talvez pela participação destes dois, Interrompemos Este Programa talvez seja o episódio de WandaVision que mais parece estar no MCU. A sensação é de que agora sim, temos mais uma história do universo de Kevin Feige sendo contada. E essa sensação é ótima.

Nota:


Quer ficar por dentro de todas as novidades sobre filmes e séries? Siga a gente no Instagram!

The following two tabs change content below.
Jornalista em formação, ex-membro do finado e saudoso Terra Zero e leitor de histórias em quadrinhos. Fã de ficção científica e terror, divide seu tempo livre entre o cuidado com suas dezenas de gatos e a paixão pela cultura pop. Sonha com o dia em que perceberão que arte é sim, uma forma de discutir política.

Comments

  1. […] de um episódio em que basicamente tudo é explicado aos telespectadores mais apressados (este crítico incluso), chegamos ao formato que provavelmente […]

  2. […] a mesma lógica do episódio quatro, este oitavo capítulo interrompe a programação de sitcoms para voltar um pouco no tempo e […]

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *